COMPUTADOR

O Colossus foi projectado e construído nos Laboratórios de Pesquisa do Posto de Correios de Dollis Hill, a norte de Londres, em 1943, por uma equipa liderada pelo Dr. Tommy Flowers.

Usando a máquina de criptografia Lorenz SZ42, pretendiam ajudar Bletchley Park a descodificar mensagens alemãs interceptadas, enviadas telegraficamente em código criptográfico. Este mecanismo de criptografia encriptava sinais através de uma teleimpressora eléctrica que utilizava o código teleimpressor internacional Baudot de 5 bits. A Lorenz SZ42 encriptava o texto simples introduzido, adicionando-lhe sucessivamente dois caracteres antes da transmissão. Como esta adição de caracteres se processava segundo o módulo 2 de bit por bit, no terminal de recepção com a máquina Lorenz SZ42 preparada para a mesma posição inicial, os mesmos dois caracteres eram então adicionados aos caracteres recebidos, revelando assim o texto simples original. [...]

Os altos comandos alemães achavam que a Lorenz era completamente indecifrável e usaram-na para a transmissão das suas mensagens mais secretas, literalmente, de Hitler para os seus generais e entre estes. A intercepção e descodificação destas mensagens forneceu informações vitais ao General Eisenhower e ao General Montgomery, antes e depois do dia D, em 1944. O Colossus foi a primeira grande calculadora lógica programável por válvulas electrónicas em todo o mundo. Em Bletchley Park, a sede de descodificação dos Aliados da Segunda Grande Guerra, não foi construído apenas um destes computadores, mas dez...

mapa